Dji Ta Wagadi

País de Origem: Panamá

Dji Ta Wagadi, que significa “Guardiões da Semente”, é um coletivo cultural de jovens emberá de Piriati, província panamenha de Darién.

Ele foi iniciado por jovens preocupados com a rápida perda de sua identidade cultural. Há quatro anos, esses jovens se mantêm ativos na comunidade com diferentes atividades culturais. Dois anos atrás, o Congresso Geral Emberá e Wounaan os reconheceu como um grupo organizado. Uma das atividades organizadas por eles, com o apoio de seus líderes, é o Dia da Cultura, celebrado anualmente durante a terceira semana de outubro. Esse evento reúne toda a comunidade e também comunidades próximas das Tierras Colectivas de Alto Bayano.

O objetivo do grupo é reivindicar, proteger e dar visibilidade à cosmovisão emberá. Para reavaliar o tema como ele merece, eles estão convencidos de que esse é um objetivo que exige muito sacrifício, mas que vale a pena todo o esforço pela rica cultura que representa, não só para a população emberá, mas também para a biodiversidade sustentável e o bem-estar das futuras gerações em todo o país e outras regiões.

Além disso, eles também realizam outras atividades ao longo de todo o ano, como aulas de dança, língua, histórias e pintura emberá. Atividades audiovisuais e de teatro também foram incorporadas. No longo prazo, o Dji Ta Wagadi busca compartilhar sua experiência com seus irmãos e irmãos de outras Tierras Colectivas Emberá.

Defensores do meio ambiente

Sign up to our newsletter Subscribe